O que fazer em caso de golpe em pagamento por aproximação?

Você se sente seguro ao fazer um pagamento por aproximação? Saiba que esse método ainda assusta muitas pessoas, mas com motivos.

Essa forma de pagamento é bem simples e rápida, basta encostar o cartão na maquininha que a compra é feita sem nenhum impedimento.

O problema é que muitos consumidores vem relatando fraudes e dificuldades para reaver quantias debitadas de suas contas indevidamente.

No começo do ano de 2019 os meios de pagamento viverão uma grande transformação com uma série de inovações.

Entre essas inovações a aproximação, que funciona com o cartão físico ou com o uso de um app em smartphones. De acordo com a Associação Brasileira das empresas de cartões de crédito e serviços houve um crescimento bem significativo na utilização desses meios de pagamento em apenas um ano.

Porém o aumento do uso também abriu uma oportunidade para os fraudadores. Um dos golpes mais aplicados é o que se aproveita do grande fluxo de pessoas em estações de trens e terminais de ônibus.

Onde o fraudador precisa apenas pescar um cartão que esteja posicionado em bolsos laterais e aproximar sua máquina de cartões para fazer uma cobrança.

Os consumidores que vem caindo nesse tipo de golpe relatam que quando ocorrem as instituições financeiras eles recebem a resposta de que elas não fazem estorno de compras realizadas nessa modalidade de aproximação.

Golpe em pagamento por aproximação

No primeiro semestre de 2021 o percentual de suspeitas de tentativas de fraude originadas no Brasil contra a empresas de serviços financeiros cresceu 600%.

Para evitar que golpistas furtem e usem os cartões de terceiros foi estabelecido que os pagamentos por aproximação devem ter um limite de transação de até cinquenta reais podendo mudar de acordo com cada banco.

Porém no final de 2020 a Associação Brasileira das empresas de cartões de crédito e serviços Abecs aumentou o limite para R$200.

Apesar dos relatos dos consumidores a Abecs informou em nota à imprensa que não há entre os bancos brasileiros qualquer registro de aumento do número de reclamações ou casos de fraude envolvendo a modalidade de pagamento por aproximação com cartão.

VEJA TAMBÉM: Novos preços da Netflix de assinaturas no Brasil

Esse pagamento por aproximação ele é seguro ou é realmente fácil de ter algum tipo de fraude?

Por incrível que pareça o NFC não é tão novo assim, já existe esse tipo de cartões há algum tempo. Então todo aquele cartão que aparece com aquelas três ondinhas são cartões com a capacidade do uso do NFC.

E como já sabemos podemos configurar por exemplo o smartphone para permitir essas transações. O que nos preocupa muito é a capacidade do cartão efetivar transações sem pedir a senha.

E nesse aspecto em função do crescimento do uso desses cartões que permitem pagamento por aproximação em função da Covid -19 muitos adotaram esse método de pagamento.

O que aconteceu recentemente, isso no ano passado, houve um aumento de limite que era R$50 para R$100 e depois de R$100 para R$200.

E isto gera grande medo, eu posso fazer transações que chegam ao limite de R$200 sem colocar a senha. Portanto seu cartão se ele se aproximar de alguma maquininha que permita transações como essas infelizmente ela será feita sem exceção da sua senha.

Existe algum meio eficaz para evitar esses fraudes?

A conveniência é inimiga da segurança, quando as coisas são fáceis demais algo fica difícil e a segurança é uma delas.

Mas sim, se sabe que esta é uma potencial vulnerabilidade, mas se dá lugar a questão da praticidade, como muitas pessoas elas não querem colocar a senha, ou seja colocar a mão em algo que possa estar infectado. A capacidade de utilizar pagamento por aproximação se tornou uma prática muito utilizada nos dias atuais.

Agora por outro lado os bancos, as operadoras de cartão elas podem se valer de mecanismos para entender comportamentos.

Por exemplo se o indivíduo está fazendo uma compra onde aquela aquisição, aquele pagamento está sendo feito no estabelecimento que não é de costume, os bancos ou até mesmo operador de cartão pode alertar o usuário acerca disso.

É claro que cada banco, cada operadora de cartão de crédito trabalho de um jeito específico, mas entendemos que essa durabilidade é conhecida e com base nessas situações é importante o consumidor ficar muito atento se ele quer habilitar essa tecnologia ou não de pagamento.

Os bancos podem se recusar a devolver o dinheiro em caso de fraude?

Normalmente eles se recusam, na verdade não existe nem a possibilidade de conseguir se ele se recusar. Normalmente o consumidor que se sentir lesado ele pode buscar os órgãos de proteção ao consumidor.

Com base no Código de Defesa do Consumidor por exemplo mas também ele pode buscar uma formalização do ocorrido através de um boletim de ocorrência.

E no momento que ele se sinta lesado nessa situação é claro que a prática de buscar os seus direitos é algo que todo cidadão tem direito.

Mas é claro que o indivíduo não deve se iludir imaginando que o boletim de ocorrência ou até mesmo processo fará com que a instituição financeira restituir o valor perdido em situações como essas.

O que o consumidor pode fazer dificultar esse tipo de problema?

Primeiro só leve consigo os cartões que você considere importante no seu dia a dia. Segundo existem bolsas, existem carteiras que bloqueia o sinal de NFC.

Ou seja, como se fosse algo que nós chamamos de gaiola de Faraday. Ela bloqueia todo sinal não permitindo que nem uma maquininha se aproxime na área externa da sua carteira ou da sua bolsa.

Outro ponto bem importante se você considera inseguro esse método de pagamento você pode buscar a sua instituição financeira e verificar se ela possibilita a desativação deste tipo de pagamento. Aplicativo aqui

Então muitas instituições financeiras possibilitam fazem isso e até pelo seu aplicativo disposto no seu celular.

E é claro se você ainda tem muito receio isso nem pensar em habilitar pagamentos a partir da aproximação do seu Smartphone. Sword Art Online PSP

Muitos dispositivos quase todos têm essa tecnologia para poder configurar os seus cartões bancários junto ao seu smartphone. YoWhatsa media fire

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.